mariana dias coutinho

Artist info . Contacts . News

   

 

No dia 14 de Maio às 20h, inaugura "QUARTO CRESCENTE”.
Integrada no programa da FEA - Festival Dos Espaços Dos Artistas de Lisboa 2019, a exposição apresenta trabalhos de Daniel Alfacinha, Mariana Dias Coutinho e António Guimarães Ferreira

Lisboa é diariamente fustigada pelo descontrolo da especulação, que recebe de braços abertos. Testemunhas de uma mudança que não provocaram, mas que sofrem na pele, estes trabalhos ocupam um espaço que se reconfigura internamente e na sua relação com a cidade.

Este quarto. Lugar de intimidade e liberdade de movimentos subitamente subjugado a forças de mudança que vêm do exterior.
Está condenado a desaparecer e resta-lhe atravessar uma condição de suspensão, uma temporalidade contingente que acelera em direcção a uma morte anunciada.
É este espaço, que não pode voltar a ser o que ainda é, que estas obras, colectivamente, ocupam, testam limites e se constituem como testemunhas numa queda que, simultaneamente, espelham e problematizam.
Pode um grito de revolta, dirigido ao contexto que o desencadeia, expandir percepções e promover reflexão?
É de uma luta pela sobrevivência que se trata e a estratégia, neste caso, é espernear até ao fim.

 

 

Mariana Dias Coutinho apresenta uma instalação que procura reflectir sobre a necessidade da alteridade na actualidade.
A alma humana tem necessidade de esferas nas quais possa estar em si mesma sem o olhar do outro. Há uma impermeabilidade que lhe é inerente.
Em tempos de conflito e tensão, de discursos imunológicos, de reacções de defesa e medo, onde barreiras sociais e políticas, físicas ou emocionais, se erguem com voraz altitude e densidade, é imperativo o diálogo e valorização das diferenças existentes.

   
    <